Delacroix: A Liberdade Guiando o Povo, 1830

por Homero Nunes
A Liberdade, como uma deusa clássica de seios desnudos e arma na mão, ultrapassa a barricada e passa por cima dos cadáveres do antigo regime. A massa revolta a segue armada e sonoramente exaltada. Gentes de diferentes estirpes, do burguês de casaca e cartola ao menino do povo e os trabalhadores de camisas abertas. A bandeira que tremula ao alto indica o caminho a ser seguido em direção à liberdade… e à fraternidade e igualdade das cores da revolução.  Ao fundo, o vulto das torres da Notre Dame indica o palco da épica cena: Paris, ah Paris…
 

Eugène Delacroix. La Liberté Guidant le Peuple, 1830.

 

A Imagem se tornou o símbolo da França e da Revolução Francesa, ainda que pintada em relação à revolução de 1830 e não como referência à queda da Bastilha em 1789. Foi reproduzida no dinheiro francês que precedeu o Euro, inspirou o logo da Air France, serviu de fundo para selos postais e, segundo a lenda, teria servido de base para a concepção da estátua da Liberdade. 

Sobre os autores

Acompanhe